ENFRENTAR OS NOSSOS MEDOS

2846

Quando entrei na sala de cinema para assistir à antestreia de Manchester by the sea estava longe de imaginar que sairia sem palavras. Saí emudecida e demorei algum tempo a cair em mim, tomando consciência de que aquilo a que acabara de assistir era apenas um produto de ficção, que aquela história fora minuciosamente construída para mexer com as emoções dos espectadores e que as vidas daquelas pessoas, expostas a cru e de uma forma tão brutal, só existiam no guião. Sendo argumentista, confesso que me senti um pouco ridícula por não ter conseguido separar a realidade da ficção, deixando-me levar por inteiro e sem oferecer resistência. A quem atribuir o mérito? Penso que é justo dividi-lo entre Kenneth Lonergan e Casey Affleck.

Ler artigo completo ...