SUPONHAMOS A SUPERIOR ARROGÂNCIA DO JUIZ

2104

Definitivamente não! Não é assim que se fazem as coisas! Não posso compreender este sádico prazer de atormentar crianças vindo de um analfabeto emocional que usa e abusa do poder da beca para impor inverdades absolutas, num completo desrespeito pelo tão aclamado “superior interesse da criança” que neste tribunal tem o nome de: superior interesse do pai do menor, porque o Sr. Dr. Juiz diariamente se vinga da sua própria experiência!

Ler artigo completo ...