AMARAIS SALVAS PELO CÓDIGO DO REGISTO CIVIL

1323
Créditos Rui Olavo

Tendo nascido em 1962 não se pode propriamente dizer que esteja na flor da vida. Factualmente, sou uma mulher do século passado – e deste também, acrescente-se – mas, em linguagem corrente, ainda não estou com os pés para a cova! Por exemplo, em caso azarado de protagonizar um incidente reportado num meio de comunicação social, ainda não seria apresentada como “quinquagenária”. Este tipo de desagradável designação costuma estar guardado para os maiores de 60 – “sexagenária aplica truque de karaté a burlão”, suponhamos – ou, acima dos 65 – “idosa detida por posse de explosivos”, por exemplo.

Ler artigo completo ...