COM QUANTOS GAJOS ESTIVESTE?

386708

“Monga! Desculpa estar tão silênciosa mas tenho tido umas situações para resolver e  depois fico sem vontade para falar com ninguém. Estou para te escrever já há algum tempo mas só na faculdade é que me sinto confortável e a verdade é que já não tenho vindo muito. Às vezes sinto-me um bocadinho desamparada, precisava que estivesses aqui comigo. Sinto a minha cabeça a mil. Ultimamente tenho pensado muito na minha relação com o Pedro e na minha relação comigo mesma. No inicío era tudo tão simples com ele. Tudo tão bom. Ele era querido comigo, respeitava-me, ouvia-me, percebia-me e raramente discutiamos. Eu era querida com ele e acho que o fazia feliz. Era tudo tão aparentemente perfeito que tive medo que fosse mentira e que acabasse rápido. Davamo-nos lindamente, passávamos horas a conversar e eu soltava gargalhadas como se nos conhecessemos desde sempre. Tenho saudades disso. Sinto saudades daquele início. Daquela facilidade e daquele romantismo. Acho que por mim parava no tempo e ficava para sempre naquela magia, naquele lugar onde tudo é cor de rosa e nada de mal acontece.

Ler artigo completo ...