FRAGMENTOS: MAIS UMA VEZ

230

Era chegado o momento. Estaria eu preparada para o que se seguiria? O torcer das mãos esclareceu-me: não, não estava, nem preparada nem segura. Depois de tantas horas de preparação, de expectativa, de viagens em comboios mal arejados e sujos, chegara ao fim da estrada. Ou ao início, pensei, as certezas eram agora poucas.

Ler artigo completo ...