MAIOR E VACINADA

5792

Hoje bati com a cabeça numa porta. Acho que estou bem. Foi um acidente estúpido e evitável, se tivesse tido mais cuidado. A vida é assim, cheia de acidentes estúpidos e evitáveis. Alguns são fatais. Não nos conseguimos proteger da nossa fragilidade, dos nossos momentos de distração, ou daqueles momentos em que tomamos opções menos refletidas (estúpidas, se quisermos dar os nomes às coisas). Como também não vamos conseguir proteger as nossas crianças de tudo e mais alguma coisa.  Felizmente, há muitas fontes de perigo que conseguimos identificar, prever, prevenir. Podemos colocar barras nas varandas para que as crianças não caiam inadvertidamente. Conseguimos vedar o acesso a piscinas para que as crianças não morram afogadas. Usamos cadeiras especiais e cintos de segurança, para, na eventualidade de um acidente rodoviário, estarmos mais protegidos e evitarmos consequências fatais. Podemos vacinar as nossas crianças para, na eventualidade de contágio, estarmos todos mais protegidos contra doenças potencialmente fatais. Prevenção e vigilância é o melhor que podemos fazer pelas nossas crianças, por nós, por tod@s. E podemos fazê-lo, graças à ciência e ao que a ciência (através do conhecimento e da experiência) nos ajudou a identificar, com as ferramentas que a ciência nos ajudou a descobrir e a utilizar para o bem comum.

Ler artigo completo ...