MAIOR E VACINADA

5918

E afinal, o que é a vacinação? É uma variante daquele provérbio português que nos diz que “a mordidela do cão cura-se com o pelo do mesmo cão”. O provérbio não é verdadeiro (não experimentem em casa, ok?), mas a vacinação funciona de modo parecido (podem ver aqui um resumo da história da vacinação). Descobriu-se que o contacto supervisionado entre uma pessoa (sendo mais eficaz em crianças) com variantes “controladas” dos microrganismos (bactérias, micróbios, vírus) que provocam doenças graves – e controladas porque se trata de estirpes menos perigosas do microrganismo ou de microrganismos estéreis, que não se podem reproduzir – permite que o nosso sistema imunitário crie logo as defesas necessárias para, caso entremos em contacto a sério com a doença, mais tarde, nos possamos defender sem consequências tão graves ou fatais. A vacina é então, regressando ao provérbio, o “pelo do cão” que, não impedindo a mordidela do cão, permite que o nosso corpo nos proteja, transformando o que seria uma valente e perigosa dentada em meras coceguinhas.

Ler artigo completo ...