O MEU QUERIDO EX-MARIDO

18875

Não posso fazer o tempo voltar atrás mas, há uns dias, olhei para ti e vi o miúdo por quem me apaixonei e casei: estavas ajoalhado a pôr os rodapés da tua casa, com umas calças miseráveis e uma t-shirt suada, velha e rota.
Foi por esse tipo que me apaixonei: o que existe por debaixo deste novo com quem às vezes janto, que dança como o Ian Curtis e que vive um dia de cada vez, sem olhar o futuro.
Este tipo novo tem novos hábitos e é mais velho.

Ler artigo completo ...