“ONTEM MATARAM-ME”

320689

Porque é que estava sozinha?

 

Porque é que uma mulher quer viajar sem companhia?

 

Foi-se meter num bairro perigoso, estava à espera de quê?

 

Criticaram os meus pais, por me darem asas, por deixarem que eu fosse independente, como qualquer ser humano. Disseram-lhes que com certeza estaríamos drogadas e fomos à procura, que alguma coisa fizemos, que deviam ter-nos vigiado.

Ler artigo completo ...