UM HOMEM NÃO CHORA!

2129

Já o escrevi: quem me conhece, quem realmente me conhece até ao tutano dos meus ossos, sabe que sou sensível. Emociono-me com a brisa que traz o cheiro a milho ensolarado, com o calor fresco do início das noites de estio. Emociono-me com o nascer da vida, com o fim desta, e com olhares com que me cruzo nos caminhos que faço: reais ou imaginários. No entanto não consigo chorar, as lágrimas não abandonam os meus olhos nem aterram no canto da minha boca, impedindo-me de sentir esse sabor salgado da tristeza. E sempre aquelas palavras a martelar na minha mente: “Sê um homem, não sejas menina. Os homens não choram!”

Ler artigo completo ...