SOFIA FONSECA COSTA

499

Estava prestes a chegar ao final o ano 1984, quando os pais a receberam no colo. Desconfia-se que tenha caído no pote que há no fundo do arco-íris. Diz quem a conhece que “transborda amor e cor”; confirmam que tem uma gargalhada incomparável e um abraço do tamanho do mundo.

Ler artigo completo ...

1
2
3
Partilhar
Artigo anteriorCOMPAIXONADA por Ana Vicente
Próximo artigoLUANA CUNHA FERREIRA
Capazes é uma Associação Feminista que tem como objectivo promover a igualdade de género.