CORAÇÃO (I)MORTAL

1697

A doente incapacitada e oficialmente designada desde 1989 está de regresso a casa. Contempla todos os cantos e recantos do seu humilde e doce lar enquanto saboreia um chá quente com mel e raspa de limão. O seu quadro clínico progrediu nos últimos tempos para um estado imensamente avançado de aguda delicadeza e complexidade. Assim, escrevo este texto em forma de homenagem pela grande mulher e mãe que é.

Ler artigo completo ...