FRAGMENTOS: MESMO A FINGIR?

1215

Não digas nada, prefiro imaginar que não sabes, ou que não te importas. Se calhar, até é verdade. Não sabes, mas, se soubesses, não te importavas nada. E eu? Será que me importo que tu não te importes nada?

Ler artigo completo ...