PARA TI, AMANDA

28348

O pós-operatório não correu bem e Amanda perdeu a vida devido a uma embolia pulmonar causada por coágulos de sangue. A família acusa o médico de negligência, mas foram as regras de beleza deste mundo em que vivemos que mataram Amanda. Quem dita que ser gordo é feio? Quem diz que ser muito magro é ainda pior? Porque nos obrigamos a ser aquilo que não somos? A lutar contra a vontade de apreciar uma refeição entre amigos, a não vestir um vestido porque temos umas “banhinhas” a mais? Quem é que define o “a mais” e porque é que esse conceito tem de ser definido? Quando é que vamos abrir a mente e aceitar o todo como belo? Quando é que vamos deixar de apontar o dedo ao outro? Quando é que vamos deixar de nos culpar por não sermos iguais às mulheres criadas em Photoshop? Quando é que vamos deixar de nos matar?

Ler artigo completo ...