Sara Rodi “veste a pele” de Enid Blyton e escreve nova história da coleção As Gémeas

1613

Mais Aventuras no Colégio de Santa Clara chegou às livrarias a 29 de Setembro.

 

Após o sucesso do regresso d’ As Gémeas a Portugal, a Oficina do Livro resolveu continuar a dar às fãs destas histórias mais novidades. A ideia de editar um livro de histórias surgiu das conversas com os responsáveis da Hoddder & Stoughton, com quem a editora tem uma excelente relação. O desafio de continuar As Gémeas foi o culminar de toda esta aventura que tem sido trazer a Enid Blyton de volta às novas gerações.

 

Para o fazer, convidaram a Sara Rodi e deitaram mãos à obra – sempre ao lado da Hodder & Stoughton, que acompanhou as ideias, as sinopses, os resumos dos capítulos, até à tradução integral da obra para inglês. A Sara foi uma leitora fiel da Enid Blyton em criança, o que se tornou mais um valor acrescentado. Para além do conhecimento da obra, a vertente afetiva esteve sempre presente e neste livro transparece também essa realidade. Foi um processo longo e sofrido (cerca de um ano), com muitas dúvidas e alegrias à mistura.

 

Esta é a primeira vez que uma autora portuguesa veste a pele de uma escritora da importância de Enid Blyton, embora este fenómeno já se tenha verificado, com bastante sucesso em outros países onde os livros desta autora são publicados. Na Alemanha, por exemplo, foram escritas novas histórias para As Gémeas, que foram publicadas em livro e também em formato audioplay. No Reino Unido, a escritora Pamela Cox criou também novas histórias d’ As Gémeas, que chegaram aos leitores portugueses. Também as aventuras d’ Os Cinco, na Alemanha e em França, passaram pela pena de novos autores contemporâneos, assim como novas histórias da coleção O Colégio das Quatro Torres, que foram publicadas, na Alemanha e em Inglaterra, pela mão de autores locais.

 

 

Nota Biográfica

 

Na infância e juventude, Sara Rodi enchia cadernos de histórias, e aos 22 anos surge a oportunidade de publicar os primeiros dois romances. Em paralelo, torna-se guionista em telenovelas e séries e cria, com Ana Tavares, uma empresa de biografias personalizadas – O Livro da Minha Vida. Com a maternidade, começa a escrever para os mais novos, procurando despertar neles o gosto pela leitura e pela escrita, bem como um novo olhar sobre o país e o mundo. Hoje, mãe de quatro filhos – cujas peripécias relata no blog Coisas de Pais – conta com eles e com todas as crianças e jovens para construir um mundo melhor.