LIGEIRAMENTE – A IMPORTÂNCIA DOS DETALHES por Alexandra Santos

467

Estava no metro e, à minha frente, um homem de fato e gravata. Todo ele ligeiramente ‘ao lado’ da imagem que gostaria de ter. A gravata, ligeiramente mal apertada e curta demais para o grande tronco que ele tinha. A camisa ligeiramente maior do que devia, com as costuras abaixo da linha do ombro. As calças ligeiramente mais largas e mais compridas que o comprimento e grossura das suas pernas. Dava a sensação que tinha perdido peso mas não tinha ainda a noção de que já podia comprar um número abaixo de calças, mesmo que o número acima ainda fosse aquele com que se sentia mais confortável na cintura, que ainda não diminuiu de tamanho.

Ler artigo completo ...